top of page
  • Instagram

Médicos de todo o Brasil discutem avanços no tratamento do câncer no Simpósio do CEPEN Florianópolis

Atualizado: 9 de nov. de 2023

Mais de 200 médicos de todo o Brasil se reuniram em Florianópolis para participar do Simpósio de Oncologia e Hematologia, realizado pelo Centro de Pesquisa e Ensino em Saúde de Santa Catarina (CEPEN).

Durante o simpósio, apoiado pela Clínica Soma, pelo Grupo Baía Sul e pelo Centro Especializado de Oncologia de Florianópolis (CEOF), foram discutidos avanços e novidades no tratamento do câncer, incluindo a implantação de um novo Centro de Transplante de Medula Óssea (TMO) na rede privada.


De acordo com a pesquisa “Estimativa 2023 – Incidência de Câncer no Brasil”, do Instituto Nacional do Câncer (Inca), Santa Catarina tem enfrentado um aumento preocupante no número de casos de câncer, com previsão de 39.600 novos casos somente neste ano. Diante desse cenário desafiador, o simpósio se tornou um espaço importante para a troca de conhecimentos e experiências entre os profissionais de saúde.




“Os números de diagnóstico de câncer aumentaram consideravelmente não só em Santa Catarina, mas em todo o Brasil. A medicina tem evoluído muito, não apenas para tratar, mas também para diagnosticar e tratar os tumores. E para que essa evolução no tratamento continue, precisamos sempre da atualização científica, por isso a importância de termos realizado um evento como esse reunindo profissionais médicos envolvidos no tratamento do câncer em prol dos nossos pacientes”, destacou o Dr. Jaisson Bortolini, médico hematologista e presidente do evento.




Avanços e novidades no tratamento do câncer


Entre os anúncios de novas terapias e avanços no tratamento do câncer que estarão disponíveis em Florianópolis até o final deste ano, foi anunciado pelo Grupo Baía Sul, a implantação do Centro de Transplante de Medula Óssea (TMO), primeiro serviço privado do Estado de Santa Catarina. O centro funcionará em parceria com uma equipe de hematologistas experientes no campo do TMO e está nas últimas fases de preparação.


“O transplante de medula óssea é um tipo de tratamento proposto para algumas doenças que afetam as células do sangue, como as leucemias e os linfomas. Nosso objetivo é elevar o nível de tratamento e dar ainda mais atenção aos pacientes oncológicos, oferecendo tratamento com mais qualidade de vida e uma jornada menos complicada” - Dr. Sérgio Brincas, presidente do Grupo Baía Sul.

Dr. Sérgio também anunciou a construção de uma unidade de internação com vocação oncológica no Imperial Hospital de Caridade, com projeção de 24 novos leitos, trazendo o conhecimento técnico e a sinergia entre os serviços hospitalares, humanização de cuidado e referências médicas do Estado.


A importância da pesquisa clínica na oncologia


O simpósio também dedicou momentos para associações de pacientes de diferentes tipos de câncer, enfatizando a importância dos estudos clínicos no processo de tratamento. Esses estudos, realizados pelo CEPEN, desempenham um papel crucial na identificação de medicamentos eficazes e na avaliação de efeitos colaterais.



“A pesquisa clínica desempenha um papel fundamental no desenvolvimento de terapias mais eficazes e personalizadas. Através dela, é possível ampliar o acesso a novas terapias, melhorar a qualidade de vida e aumentar a sobrevida dos pacientes”, explicou a Dra. Lucilda Cerqueira, médica oncologista e presidente do CEPEN.

Na ocasião, pacientes que já participaram de estudos clínicos compartilharam suas experiências.


“Eu posso dizer que sou o resultado de um grande estudo e do avanço das pesquisas clínicas para o câncer de mama metastático. Meu desejo é que as pesquisas avancem cada vez mais. Precisamos salvar vidas”, afirmou Grasielli Peres, paciente oncológica e ativista da causa.

Sobre o CEPEN


Fundado em 1998, o CEPEN desempenha um papel essencial na busca de tratamentos contra o câncer por meio da realização de estudos clínicos em Santa Catarina. Com mais de 200 protocolos de pesquisa tratados ao longo dos anos, a instituição tem contribuído significativamente para avanços no tratamento do câncer, beneficiando milhares de pacientes.

2 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page